16/10/2019

Comunicado sobre o PREVPAP e sobre a situação dos Psicólogos Escolares


O Sindicato Nacional dos Psicólogos saúda os psicólogos e psicólogas cujos processos PREVPAP foram recentemente homologados e que poderão ver um final para a sua situação de precariedade e instabilidade. 

No entanto não podemos baixar os braços à luta! Não há previsão sobre a abertura dos concursos de efetivação, nem são claras as condições em que estes/as psicólogos/as irão vincular, nomeadamente se se vão manter os/as psicólogos a tempo parcial. Ainda há inúmeros/as psicólogos/as que não receberam uma resposta da parte do Ministério da Educação, que falhou na promessa de garantir respostas a todos/as antes do final da legislatura. Temos também por resolver a situação dos/as vários/as colegas que não concorreram ao PREVPAP por vários motivos e que se encontrarão impossibilitados de concorrer às escolas onde se encontram, no próximo ano letivo. Já para não falar da situação dos/as psicólogos já efetivos e que não têm direito a mobilidade há mais de 20 anos!


O SNP continua a exigir respostas ao Ministério da Educação e insiste na urgência do pedido de audiência realizado há quase um mês! Não baixaremos os braços! A luta continua pela dignidade da profissão e pela melhoria das condições de trabalho dos psicólogos/as!

A Direção do SNP