23/03/2020

Levantamento sobre as restrições ao trabalho dos/as psicólogos/as devido ao COVID-19

O mundo atravessa um período muito particular com desafios a vários níveis, nomeadamente no mundo laboral.O movimento sindical unitário estará com toda a determinação ao lado dos/as trabalhadores/as para garantir que os seus direitos e a sua dignidade serão assegurados.

O Sindicato Nacional dos Psicólogos saúda os psicólogos e psicólogas do nosso Serviço Nacional de Saúde, na linha da frente do combate a esta pandemia, aos que se multiplicam para dar resposta às comunidades socialmente mais fragilizadas, aos que se encontram nas instituições a dar apoio à população de maior risco, a todos e todas que, nos sectores da saúde, educativo, da reinserção, da justiça, científico, clínico, contribuem para minimizar os efeitos desta crise global.

Para o SNP não restam dúvidas que os/as psicólogos/as terão um papel determinante na forma como a população irá lidar com os desafios diários que são impostos pela situação de isolamento social. A valorização do papel da psicologia para ultrapassar os constrangimentos que o momento atual imprime tem que vir acompanhada da valorização dos/das profissionais que a exercem. Num quadro em que a escolha recaiu sobre a proteção às empresas e aos lucros em vez da proteção às famílias e aos/às trabalhadores/as, não podemos permitir que esta situação excecional seja aproveitada para retirar direitos e fragilizar ainda mais as condições de trabalho dos/as psicólogos/as nos vários contextos de intervenção.

Pedimos a todos os psicólogos e psicólogas que dediquem alguns minutos ao preenchimento de um questionário que visa fazer um levantamento das restrições ao seu trabalho devido ao COVID-19. Desta forma procuramos perceber em que condições os/as psicólogos/as estão a desempenhar as suas funções, conhecer as situações que possam estar a impedir os/as trabalhadores/as de cumprir o que lhes é exigido e identificar situações que constituam um ataque aos direitos laborais e à dignidade dos profissionais da psicologia. Pode aceder ao questionário aqui: 


Para alguma dúvida ou questão sobre os direitos e proteção social de quem trabalha, sugerimos a consulta do site da CGTP: http://www.cgtp.pt/informacao/comunicacao-sindical/13748-que-direitos-e-proteccao-social-para-quem-trabalha  

O SNP está com os/as trabalhadores/as da psicologia neste momento tão desafiante, em que, a par da luta pela justiça e pela dignidade profissional, a nossa ação só sairá reforçada através da união, da solidariedade e do espírito coletivo dos/as psicólogos/as portugueses/as!